sábado, 19 de fevereiro de 2011

A coisa mais bela do mundo...




Um célebre pintor, que tinha realizado vários trabalhos de grande beleza, convenceu-se, certo dia, de que ainda lhe faltava pintar a sua obra prima.


Em sua procura por um motivo, numa poeirenta estrada,encontrou um idoso sacerdote que lhe perguntou para onde se dirigia.


Não sei, respondeu o pintor.

Quero pintar a coisa mais bela do mundo. Talvez que o senhor possa me orientar.


É muito simples- disse o sacerdote

- Em qualquer igreja ou crença você achará o que procura.

A fé é a mais bela coisa do mundo.

Prosseguiu viagem o pintor.


Mais tarde, perguntou a uma jovem noiva se sabia qual a coisa mais bela do mundo.

O amor- respondeu ela.

- O amor torna os pobres em ricos, suaviza as lágrimas, faz muito do pouco. Sem amor, não há beleza.


Continuou ainda o pintor a sua procura.


Um soldado exausto cruzou o seu caminho, e quando o pintor lhe fez a mesma pergunta, respondeu:

A Paz é a mais bela coisa do mundo. A guerra a coisa mais feia.


Onde você encontrar a paz, fique certo de que encontrará a beleza.


- Fé, Amor e Paz.


Como poderei pintá-las? -pensou tristemente o artista.

Meneando a cabeça desanimado, tomou o rumo de casa.


Ao entrar em sua própria casa, deu com a coisa mais bela do mundo.

Nos olhos dos filhos estava a Fé.


O Amor brilhava no sorriso de sua esposa.

E aqui,em seu lar, havia a Paz de que lhe falara o soldado.


Realizou assim o pintor o quadro

"A coisa mais bela do mundo".

E, terminando-o, chamou-lhe

"LAR".

Sem comentários:

Enviar um comentário