sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Walk on the Wild Sid


Walk on the Wild Sid

Estou do lado selvagem
Todos aqui estiveram
Cheguei agora
Por isso a distancia
Mas Mel você esta
Sempre perto nos poemas
Mesmo aqui não deixe
E a pouco, um dia postei
Mas você não veio ler
Talvez assustada
Pois sim tenho um lado
Que é selvagem sempre
Que vários fustigam
E depois me chamam
De louco e velhaco
Mas continuo o mesmo
Sonhador e escrevendo
Mas hoje escuto muita musica
E essa me inspirou e aqui
Estou para homenagear
A Mel que tem muita pimenta
E o sabor de mulher inteira
Deixo um beijo nos lábios


Sem comentários:

Enviar um comentário