domingo, 24 de outubro de 2010

PERGAMINHOS


PERGAMINHOS

Estava perdido antes de todas essas emoções
achadas em mim por você...
nada sabia... desconfio...
Hoje sei os caminhos...
depois de me apaixonar por você...
Então eu estou repleto...
De seus olhos tirei a alegria...
De seus olhos desviados de mim
aprendi a tristeza
a paixão com dor...

Depois aprendi a dançar de olhos fechados
sem medo a sua música...
Já que eu não tinha musicas
ou as desaprendi...
Eu tinha ilusões...
Eu tinha histórias...
Ah! Elas pareciam-me perfeitas...

Mas hoje eu sou uma página branca...
Escreva nela...
Desenhe molduras...
Cole fotos antigas suas...
Derrame algumas lágrimas
De alegria...
De saudade...

Depois
olhem-me de perto...
verá...
sou só essa vontade de uma paixão
que não tinha encontrado ainda...
use todo carvão do grafite
nessa busca desprevenida que está em mim...
deixe marcas que eu tatue onde eu estiver...
Perdido só o dia de ontem...
Por que hoje sou só receitas em pergaminhos...
para convencer você
que tudo pode começar hoje...

Sem comentários:

Enviar um comentário