domingo, 24 de outubro de 2010

DA TUA HISTÓRIA


DA TUA HISTÓRIA

Ah! tu sabes bem...
Que sinto falta...
Do teu sorriso
De tua birra
De tuas manias
De tua dança
Do teu cheiro
Da tua festa
Da tua sina
Das tuas cismas
Da tua rua
Da tua lua
Da tua ironia
Das tuas promessas
Da tua nudez
Da tua timidez
Do teu bocejo
Do teu medo
Do seu luto
Da tua luta
Da tua rima
Na poesia que te faço
Visto as vestes que me deste...
E roubaste depois...
Com tua trama...
Em tua cama...
Na tua folia
Na tua alegria
Na tua raça
Na tua pirraça
Na tua arruaça
Na tua taça
No teu brinde
Na tua fuga...
E tu não voltas
E eu fico em volta dessas
Relíquias
Que tu me deste
sem que eu pedisse...
Nesse sim que faço de olhos
conto...
se eu rir
é da saudade mais bonita...

Sem comentários:

Enviar um comentário